terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Where's my age friend?
Fico pensando as vezes... será que existe idade certa para as coisas? ou será que a "sociedade, a mídia e o capitalismo" ditam as regras da nossa vida?
Por exemplo, a novela (principal veículo de informação da atualidade), está cada vez mais nos ensinando a fazer sexo mais cedo, nos ensina a ser infiéis com nossas esposas ou namoradas, e o que é pior passa adiante o valor da "cultura fitness", ou seja, homem de valor é aquele homem saradão, malhado, 1.90, olhos verdes e tal, ou que toda coroa tem que pegar o garotão para se sentir valorizada e tals e assim também faz o homem. Se dar bem hoje em dia significa casar com um(a) coroa rico (a) que possa bancar e garantir o futuro, daí me pergunto, onde entra o amor em tudo isso? O que há é somente jogo de interesse e desejos (principalmente sexo), consequentemente (como já explicitado no Vibrador Portátil), reduzindo a já baixa-estima da população brasileira.
Existe data certa para se procurar emprego? Claro que há "casos e casos", mas a questão é que a sociedade impõe que quanto mais cêdo se procurar trabalho, mas digno é o ser humano, mitigando assim as oportunidades de crescimento intelectual (claro não eximo aqui a culpa do governo e da estrutura do país). Mas o fato de se procurar emprego cêdo, não por necessidade nem por independência, acaba criando "adultos prematuros", esses "AP's" acabam se casando mais cêdo, se drogando mais cêdo, e consequentemente perdem grande parte da infância e de sua adolescência, muitas vezes virando adultos neuróticos e frustrados.
Existe idade para se divertir, falar besteira escutar som alto, colecionar bonecas e adornos das superpoderosas ou hello kittie?? As mulheres conseguem revelar mais facilmente seu lado "infantil" e o conservar por mais tempo, sem que para isso deixem de ser maduras - digamos assim;
Os adultos, e senhores(as) experientes, estão cada vez mais ocupados atrás de uma tela de computador ou enfornados no trabalho (conheço uns que passam mais tempo no trabalho do que em sua própria casa), preocupados com relatórios números, fornecimentos. É isso que falta no ambiente de trabalho, alegria, besteirol, piadas, diversão.
Tenho 23 anos, trabalho ( e sou completamente responsável no meu ambiente), estudo, ajudo minha mãe em casa, mas nem por isso deixo de fazer "coisas de moleque" como andar de skate, surfar, assistir chaves, tom & jerry, pernalonga, pica-pau, etc, jogar video-game, comer surpresinha de uva (ixe estraguei a surpresa) escutar som alto e imitar os músicos tocando seus instrumentos.
Enfim, ainda tenho muito de minha "adolescência" para curtir, mas isso não quer dizer que deixarei de ser sério e responsável nas horas que tenho que ser, daí eu me pergunto...
Qual é minha idade afinal?
Existe idade certa para as coisas?

5 Comentários:

Às 4:07 PM , Blogger Jana disse...

Posso confessar: todas as vezes que procurei amor, dei com a cara na parede, agora não procuro mais, ou ele me encontra ou vou atras de outros objetivos

beijos

 
Às 5:50 PM , Blogger Advi Morena disse...

Eu tbm sou assim!!!Uma criança sem controle. mas qdo é coisa séria nossa nem sou mais eu!!!

P.S:Nossa vc foi realmente sinsero lá no blog hein?!? rsrs

Mil beijos

 
Às 9:23 PM , Anonymous ThiaguS disse...

Falou bonito..
Somos totalmente pressionados pela sociedade..

=)

 
Às 9:18 AM , Anonymous Anônimo disse...

Acho que não existe idade certa mas sim momento certo, eu com 16 anos ainda brincava de boneca, então cada um sabe qual seu momento de crescer ou de ser criança, e eu ainda adoro ter os meus momentos criança, brincar curtir meus bichinhos de pelúcia mesmo já sendo uma pre balzaquiana...rsr

Bejuss

 
Às 10:14 AM , Blogger Aju disse...

Cara, infelizmente a grande formadora de cultura e conhecimento do povo brasileiro é a TV.

Hoje em dia esse esteriotipo q é vendido do modelo de cara bom é o kra saradão e o modelo de mulher boa é a mulher gostosa acabam descartando as boas relações, na onda do "fica" ninguem da mais valor a ninguem...

Vida dificil né? :P

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial