terça-feira, 12 de dezembro de 2006

VOCÊ TEM FOME DE QUÊ?
Futilidades
Bem, conforme prometido a Denise Ramone, vou tentar explanar algo sobre o que nós estamos fazendo para resolver o problema da fome no mundo.
Primeiramente vamos pensar...
Telmo acordou para trabalhar, tomou seu banho, usou shampoo e condicionador Garnier Frutis, passou horas no espelho ajeitando o visual, depois vestiu-se, apesar da pressa, tomou seu café da manhã quentinho e gostoso, escovou os dentes com creme dental Sensodine (porque é o da moda agora) e saíu para o trabalho. Quem pode, vai de carro, quem não, pega o ônibus e espera alguns minutinhos que geralmente são seguidos de várias horas de reclamação durante o dia.
Um simples atraso é suficiente para causar em Telmo depressão, frustração e mau-humor para o resto do dia...
Do outro lado o José Ignácio acordou cêdo por volta das 5 da matina, sendo que nem dormiu direito, pois passou frio a noite toda (o jornal não foi suficiente para aquecer a sua angústia), banhou-se da luz do sol, já que não dispunha de local para tomar banho, não tomou café, pelo contrário, iniciou sua rotina de lixo em lixo, a procura do "mata-fome" daquela cinzenta manhã, barganhando alguns restos de comida de restaurante em restaurante, de porta em porta, tentando suprimir seu orgulho para alimentar algumas bocas famintas, tentou implorar por alguns trocados para um transeunte que passava próximo, mas este, alegando pressa, nem deu ouvidos ao dito cujo, estaria certo de que seria mais um dia a sorver-se de papa de jornal, se tinha força de vontade para trabalhar em troca de um prato de comida?? sem dúvida! no entanto, precisava de forças para pegar no batente, precisava de energia, conseguiu, a muito custos, uns restos de pão com manteiga, de uma lanchonete próxima, lembrou-se das vezes que brigava com os pombos pelo referido alimento, um outro cidadão no balcão próximo ofereceu-lhe um copo de café, animou-se! Aquele dia conseguiria o sustento para sua família, iria desbravar a megalópole, alguém com certeza precisava de seus préstimo para aquela tumultuada manhã...
Bom era para ser um post mas tá com cara de "parábola" então decidi dar uma paradinha por aqui e dividir em alguns poucos capítulos 2 ou no máximo 3.
usando um velho clichê americano
To be continued...
hehehehe
Té a próxima

8 Comentários:

Às 12:36 PM , Blogger Luisa Blue disse...

é.. eu sei.. tenho que rever meus conceitos... (será?)


recado de Bia (que sou eu em outras horas) obrigada pelos elogios, tô te lkinkando lá no sempre chove... beijos


Luisa Blue não manda beijos...

 
Às 3:33 PM , Blogger Aju disse...

É cara paradoxos do mundo...
Ainda existe comunida suficiente no mundo a questao é a distribuiçao, egoismo e capitalismo =]

Daqui a alguns anos realmente nao haverá...

Valeus pela visita.

[]´s

 
Às 9:09 PM , Anonymous Anônimo disse...

vim agradecer a visita e conhecer teu canto! te lerei com calma agora...beijos

 
Às 9:21 PM , Anonymous Lulu on the sky disse...

POis é Deco, muita gente reclama de barriga cheia, sempre haverá gente em um nível abaixo do nosso, se vc for ver q o q pode ser um problema enorme pra vc, é infimo para quem tem outras dificuldades...
Big Beijosssssss

 
Às 12:12 AM , Anonymous Márcia(clarinha) disse...

a gente não quer só comida, mas sem ela a gente não pode querer mais nada :(
foto chocante, triste, real, forte e me faz sentir um rato impotente contra essa miséria que assola o mundo...
beijossssssssssss

 
Às 4:48 AM , Blogger Anormalice disse...

MUITO IMPORTANTE:

Quem usa internet somente durante a semana,deve revelar seu amigo oculto e mandar o presente
somente na SEGUNDA FEIRA, DIA 18,okay?

Por favor,não esqueçam!

~confesso que num li o post!
sorry!

 
Às 10:31 AM , Anonymous  disse...

Pois é tem tanta gente que reclama...reclama e não para e olha para tras para ver que tem gente em situação muito pior que dela né ...Esse texto é triste realidade

 
Às 11:26 AM , Blogger Jana disse...

Essa foto me causou um mau estar tão grande, um nó no peito (e eu acho que era essa justamente a intenção sua)... To chorando aqui de agradecimento por meu filho ter sempre o que comer

Beijos

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial