sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO
Olá! Em homenagem a Mel(http://levereleve.blogspot.com), decidi fazer uma postagem sobre animais de estimação.
Poiszé os bichinhos queridos que transbordam nossas casas de alegria, afeto, amor, sujeira, hehehehe merecem o destaque da postagem de hoje.
Existem "n" animais de estimação, mas irei me atentar aqui somente a gatos e cachorros.
Será que eles estão roubando o lugar das crianças?? Ou somente dando mais vida a pessoas que não podem ter filhos e encontram nesses adoráveis seres uma forma de recompensar esse pesar??
Depende, em muitos casos é mais "cômodo" ter um cachorro a ter um filho, eu diria até que nesses casos as pessoas são egoístas. Mas primeiramente gostaria de destacar aqui a influência que o capitalismo vem exercendo sobre essa vertente.
A indústria do Pet Shop já vem ganhando abertura no mercado nacional, milhares e milhares de lojas especializadas em banhos, tosas, stress animal, entre outras coisas que prefiro não citar (considero frescura). Não quero dizer com isso que os "fofuchos" não mereçam seu lugar de destaque, longe de mim, tenho muita admiração por cachorros e gatos, e acho sim, que como ser vivo, merecem ser tratados da melhor forma possível.
O problema é que o capitalismo está suprimindo o ideal de se ter um animal de estimação, estão aproximando demais os bichos com as pessoas, cachorros, agoram desfilam, tem massagens anti-stress, banhos de sais, etc. Muitos, passam a semana em treinamentos, se deslocam aqui e ali, para concuros e festas, tem casamentos programados, enfim.
Tem também o outro lado, aquelas pessoas que querem ter um "cão de guarda" dentro de casa, acham que é só botar comida e água num canto e pronto, resolvido.
Se em alguns casos, o própósito de se ter um cachorro ou um gatinho, é o de substituir um filho perdido, ou um que não se pode ter, ou simplesmente um que não quis ter, devemos nos lembrar que esses seres também tem sentimentos também gostam de receber carinho, afeto e atenção (que eles dão de graça), ou seja, não podemos projetar nossas frustrações nesses animais, se queremos ter um "cão de guarda" que só come bebe e defende a casa, devemos nos lembrar que quanto mais amor um bichinho recebe, mais forte e valente ele se torna para defender seu "dono".
Os animais não precisam ficar horas e horas em concursos, pet shops e outras formas de paparicação, precisam sim, receber todo amor carinho e atenção que nos é confiado, pois se não temos estrutura para aprender, se valorar e crescer junto com esses animais, então, em alguns casos, é bem melhor mesmo que não tenhamos filhos.
"As pessoas vivem mais porquê levam a vida toda para aprender a amar, os cachorros vivem menos porquê já nascem sabendo"

17 Comentários:

Às 1:40 PM , Blogger Encontros e Desencontros disse...

Hoppus amei a frase final do seu texto, e odeio quem maltrata os animais !!! bjus bom fds

 
Às 1:50 PM , Blogger Jana disse...

Quando era pequena tinha muitos cachorros, papagaio, mico, tudo dentro de casa, mas ai mudamos para apartamento e um a um eles foram indo... Acho importante para o desenvolvimento da criança o convivio com animais, mas Bernardo até agora não me pediu um rs

Beijos

 
Às 2:17 PM , Anonymous Angelina . disse...

pois bim, cachorros são seres divinos. :} é uma pena que meu pai os deteste e nunca me tenha deixado ter um :x

 
Às 3:08 PM , Anonymous Bruna disse...

Eu adoro de paixão animais. Cachorros especialmente, eles nos dão um amor incondicional. Você chuta o bichinho e ele te ama do mesmo jeito. Mas não comparo com crianças e nada e ninguém substitui quem foi embora.

E ai? já descobriu quem é seu AO? quem será? e o meu, você sabe? hehehe . Que presente você acha que é uma boa?

Beijos

 
Às 3:50 PM , Blogger Vera Fróes disse...

Eu não tenho animal de estimação. Minhas filhas até querem, mas como sei que quem vai ter que cuidar sou eu, nunca quis. Quando elas se responsabilizarem podem ter. Os bichos que são bem aceitos por mim são os passarinhos que vivem no meu arvoredo. Não precisam de cuidados especiais, são livres e estão sempre cantando, felizes.
Bjos.

 
Às 5:13 PM , Blogger Aju disse...

Cara, eu adoro cachorros mas nao sei ate qdo vai os bons tratos das indutrias de pet shop outro dia vi uma campanha europeia contra o mau trato de animais, informando que eles nao eram brinquedos...
Acho que a unica frase que se aproveite de Hitler foi ``Quem nao gosta de um cão, tao pouco saberá o verdadeiro valor da lealdade´´

Abraços e otimo fds

 
Às 5:41 PM , Blogger Mel disse...

Hoppus, essa foi uma grande surpresa, ainda mais devido ao filhote da foto lembrar Neguinha! :)
Neguinha nos acompnahava na cidade onde trabalho, no interior. Em casa temos mais 2 cachorros e apesar de muitos gastos que temos, o carinho, a alegria que nos dão compensam!
Animais nos fazem companhia, nos dão uma forcinha quando precisamos. Lógico que tem os motivos que levam cada um escolher o seu bichinho, se é por solidão, ou falta de filhos, ou mesmo de companhia... Mas concordo com vc quando disse que já está havendo um exagero, eles estão cada vez mais próximos dos humanos enquanto os humanos cada vez mais próximos de animais (outros que não sejam cachorros e gatos!).
Sua citação final é linda!

 
Às 7:51 PM , Anonymous Anônimo disse...

Perto de mim existe uma pessoa que substituiu o afeto de filhos pelo do cachorro. Isso não é legal! Um animal não é pra substituir lacuna ou tapar buracos, ele tem que existir pra ocupar o seu proprio lugar.
Também me questiono com os excessos, dentro da medida dou carinho para os meus animais.
Bom fim de semana! Beijus

 
Às 9:09 PM , Anonymous Micha disse...

olá, to visitando a galera do amigo oculto.

tem pessoas q exageram nos cuidados e nos gastos.

beijosssssss

 
Às 10:12 PM , Anonymous Anônimo disse...

Big Beijos e obrigada pela sua presença na festa do meu blog!

 
Às 8:30 AM , Anonymous DO disse...

É um assunto pra la de complexo,mas concordo com vc: já ouvi de muitas bocas que é melhor ter um animal que criar um filho.
Tristes tempos estes...
Abração!

 
Às 2:47 PM , Blogger Jéssica disse...

Pra mim os meus cachorros, 3 poodless, são como gente, claro, respeitando as devidas proporções. Trato-os muito bem, sem medo de me exceder e eles retribuem a contento.
Eu não gero filhos no meu ventre por causa de enfermidade, tb não posso adotar um, daí tenho meus doguinhos. Eles não substituem ninguém, ocupam seu espaço e têm o seu devido lugar.
Te linkei por lá, beijo*.*

 
Às 3:47 PM , Anonymous Blogue da Magui disse...

Ter cães e ter filhos não há correlação nenhuma.Uma coisa não tem nada a ver com outra. Qt ao consumo com cachorros e suas coisas realmente é um exagero.Aí deve ser loucura mesmo.Eu tenho uma pincher zero que eu comprei para fazer companhia para os meus filhos qd eram pequenos, eles cresceram e ela é uma chata que não me larga!
Copie e cole no end do seu pc.veja qeu docinho ( não sei se já deixei aqui para vc)
http://www.youtube.com/watch?v=QArNTuSy0TI&eurl=

 
Às 1:09 PM , Blogger Mila disse...

Eu adoro peixes. E só peixes. Hehehehe! Mas não mlatrato. Nenhum.

 
Às 10:51 PM , Anonymous  disse...

Eu tenho uma cadela linda é o xodô da casa,vai ao pet toda semana volta linda de laçinho na cabeça,fofinha parecendo um ursinho de pelucia ...Adorei teu post

 
Às 1:53 AM , Anonymous Bruna disse...

Bom dia meu amigo secreto ...hehe ...desconfiou desconfiando, né?

Beijos

 
Às 12:09 PM , Anonymous AngeL disse...

HAHAHAHA! ENTÃO É POR ISSSSO QUE ALGUÉM TAVA FUÇANDO MEU BLOG, NÉÉÉ??? :D Obg pelo presente ;}

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial