quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Utilidade Pública
Caros blogueiros, bom dia!!! como não postei ontem, aproveito o dia de hoje, para trazer um assunto muitíssimo sério e espero que os senhores divulgem por aí...
MENINGOCOCCEMIA - é senhores, está na moda agora, adoecemos, vamos num desses médicos da vida para buscar soluções... e o que eles nos dizem??
- É, provavelmente deve ser uma virose aí...
Ou seja, não sabem diagnosticar o tipo de doença e apelam para a desculpa do momento. Pessoal, muiiiiiiiiito cuidado com esse negócio de virose, pois pode estar escondendo uma MENINGOCOCCEMIA, sujo sintomas são idênticos ao dessas viroses da vida, abaixo segue um trecho de e-mail mais detalhado:

Reenvio como alerta.VIROSE QUE MÉDICOS ALEGAM, PODE SER MENINGOCOCCEMIA -

Para muitos médicos, qualquer problema é diagnosticado como "VIROSE". Isto é intrigante, então vamos ficar atentos. Meningococcemia - importante divulgar! Muito importante para quem tem filhos pequenos...

"Meu nome é Paulo Roberto. Meu filho Roberto Fernandes Cardoso, 6 anos, contraiu uma bactéria meningocócica, desenvolvendo o quadro de MENINGOCOCCEMIA. O meu objetivo é de alertar para que crianças e adultos não continuem morrendo por ignorância (tanto delas como também dos médicos) e desaviso. Muito se fala da meningite, mas nada se fala sobre a meningite meningocóccica e muito menos a meningococcemia.
Não tenho intenção de exposição e nem de sensacionalismo. Sou apenas um pai que por um milagre (depois vocês vão entender porque) não perdeu seu único filho. A meningococcemia mata em 12 horas. É assintomática. Ao contrário da meningite cujo sintoma é de mais fácil verificação (dor na nuca, cefaléia, febre, fotofobia), a meningococcemia inicialmente gera apenas febre alta, muitas vezes confundida com virose, Gripe e doenças corriqueiras. Por isso é imperativo que as pessoas tomem conhecimento até porque, já existe um surto (ainda não assumido) de meningite e suas derivações. A bactéria (pode ser vírus-mais branda) cai na corrente sanguínea e causa umainfecção generalizada decorrendo em choque séptico fulminante. E aí está a mortalidade dela. No caso da meningite, a bactéria fica localizada nas Meninges e por isso, seu tratamento é mais fácil. No caso da Meningococcemia, a infecção atinge muitos órgãos, causando várias Hemorragias, colapso circulatório devido à fragilidade capilar. Suas seqüelas são petéquias na pele (placas necrosadas), destruição dos rins, artrite, trombose, isquemia de extremidades (a amputação é uma constante), insuficiência cardíaca, visão baixa, surdez, etc.
Aqui vai um resumo do que aconteceu com o Roberto:

06/04; 20h00min = Febre de 40,5ºC SEM NENHUM OUTRO SINTOMA. Medicado no Hospital Memorial com Novalgina intravenosa. 21h30min = Temperatura normal. Estado de saúde NORMAL.

07/04; 24h30min = Febre volta e vômito. Medicado em casa com novalgina gotas. 07h00min = Após passar toda a noite com febre alta e delirando, vômito, mas, ainda sem qualquer outro sintoma. 09h00min = Surgem as primeiras petéquias (marcas na pele) e um derrame nos olhos. 09h40min = Entrada no URPEM, com todo o corpo tomado por petéquias. 10h30min = Exame de sangue confirma presença bacteriana, indicando doença meningocóccica. É imperativo a transferência para uma UTI. 17h00min = Dá entrada no Hosp. Sev-Baby onde é confirmado a meningococcemia.

Roberto ficou 8 dias na UTI e mais 13 dias no quarto tendo alta dia 27/04. Teve derrame do pericárdio, inchaço do baço, fígado e rins, líquido na pélvis e rins. Não fechamento da válvula mitral, hemorragia estomacal, início de Trombose (com risco de amputação das pernas), necrose em todos os dedos. Suas plaquetas chegaram a 29 mil. Quando os médicos se referem a milagre, é porque a pressão dele chegou a 3 por 0, e no quadro em que ele chegou, a doença é de difícil reversão, e mesmo revertendo, ela sempre é acompanhada de amputação das falanges ou dos membros superiores e/ou inferiores, como também seqüelas físicas à neurológicas devido aos processos trombo-embólicos. Ele saiu sem nenhuma seqüela, mas outras crianças e também adultos não tiveram a mesma sorte.

ESTA DOENÇA ESTÁ MATANDO!!!!! Então, peço para você que leu este texto que passe esta informação à frente. Você poderá estar salvando alguma(s) vida(s). É preciso que todos fiquem alertas, e desconfiem dessas "VIROSES" que sempre os médicos, muito convenientemente, diagnosticam.

Portanto, prestem bastante atenção, e em caso de sintomas de virose, corram pra urgência e exigem exames de sangue, afinal, nunca se sabe...

Marcadores:

9 Comentários:

Às 10:30 AM , Anonymous Aju disse...

É man, negocio é serio.. mta coisa neste Brasil passa despercebido por falta de informaçao...

Abraços e otimo fds =)

 
Às 9:03 PM , Blogger Morena disse...

É concordo com o Aju, se todos tivessem acesso as informações coisas assim aconteceriam bem menos!
Bjokas
Boa semana

 
Às 6:17 PM , Blogger Baby disse...

Menino, e eu sonhei com morte essa noite, visse?

Coisa perigosa essa, heim? Minha mãe é enfermeira, por isso eu sei que tivemos, sim, por aqui, um pequeno surto de meningite, com alguns casos chegando a óbito. Mas já tem alguns meses que não aperece nenhum caso no hospital onde ela trabalha... A bola da vez é uma bactéria de nome complicado, que causa infecção generalizada com uma rapidez incrível e fez até a UTI de certo hospital daqui de PE ser interditada por 17 dias... Teve caso de gente que entrou no hospital pra fazer uma cirurgia simples, como de apêndice, por exemplo, e chegou a óbito porque contraiu a dita cujo... Foda, né?

 
Às 11:15 AM , Blogger Sobre tudo e nada ao mesmo tempo disse...

Humm mudou tudo ?! Legal hein ! Acho que ando precisando disso, mas aindo to aguardando o template que uma amiga me prometeu :)

bjussssssssss

 
Às 11:19 AM , Anonymous Masgui disse...

Ai que coisa terrível! Vou passar pra frente.

 
Às 12:29 AM , Blogger Dominique disse...

Chocante esta doença! Tenho um parente que sofreu com uma doença tão séria quanto esta, por causa da negligência de um médico, e por pouco não morreu.

A informação é a única arma que temos contra este tipo de situação.

Valeu pela conscientização! Vou passar para frente!

Um abraço!

 
Às 8:24 AM , Anonymous Anônimo disse...

oi.sou portuguesa e estou em portugal.No dia 03/01/2009 aconteceu a msm coisa c o meu filh ms graças a deus os medicos prcbram lg o k ele th.Tamb ficou nos CI 9 dias e mais 21 na PC para sr operad ás petequias.Sei bm o k sofreram.pr isso entend o seu testemunh.O meu filh tmb n ficou cm nenhum sequela.ms muits crianças n teem a mesma sorte.CUIDADO gente.....

 
Às 5:03 PM , Anonymous Anônimo disse...

Falar é fácil....
Vcs não tem a mínima mínima noção de como é difícil e dramático diagnosticar isso daí!
Internar todos os que tem febre e submetê-los a exames invasivos mataria muito (acreditem) muito mais do que a doença em si.
Outra coisa, não existe surto de meningite nem de meningococcemia, pois ambas as doenças são endêmicas e ocorrem o ano todo em todo o mundo.
Existe também a falta de conhecimento de muitos médicos e nenhuma campanha do ministerio da saude sobre prevenção/ conscientização o que é uma pena...

 
Às 12:58 PM , Anonymous Anônimo disse...

minha filha teve essa doença no dia 3 de agosto de 2011 minha bebe de 3 anos teve muitas sequela com amputaçao no pe tem muitas sicatrizes nas pernas essa doença acaba com a vida de qualquer pais q passao por isso.os medicos que tratarao minha no hospital joana de gusmao em floripa otimos medicos sem palavras para descrever.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial